Após decisão de juiz “Ato em Solidariedade às Religiões de Matriz Africana”

Após a decisão do juiz Eugênio Rosa de Araújo, da 17ª Vara Federal do Rio de Janeiro, em que relatou não serem urgentes as retiradas de vídeos depreciativos contra seguidores da Umbanda e do Candomblé, o interlocutor da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR), Ivanir dos Santos, em acordo com o presidente da Associação Nacional de Mídia Afro (ANMA), Márcio de Jagun, anunciou, em Mesquita, no fórum “Grita Baixada”, a convocação a seguidores de todas as religiões, políticos, artistas e ateus para o “Ato em Solidariedade às Religiões de Matriz Africana”, que ocorrerá na próxima quarta-feira (21/5), às 17h, com local ainda a ser definido.

Fonte / Site Articulando Educadores

Conteúdo completo AQUI.

Deixe um comentário

Voc deve estar logged in para deixar um comentrio.