Ciclos preparatórios já começaram com trabalhos de mobilização

 

A Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR) começou, no último dia 10 de agosto, a realizar o 1º Encontro de Ciclos Preparatórios para a Quarta Caminhada em Defesa da Liberdade Religiosa, que acontecerá no dia 18 de setembro, na Orla de Copacabana. Ocorrido no Templo Espiritualista Jagun, em Bonsucesso, Zona Norte do Rio, o evento foi o primeiro de uma série de 30, que acontecerão durante os meses de agosto e setembro, inclusive em São Paulo. Religiosos e membros da CCIR conversaram sobre preparativos para a marcha. A programação foi idealizada pela Equipe de Mobilização da Comissão, que conta com parceria de divulgação do Agen Afro .

No encontro, o interlocutor da CCIR, babalwo Ivanir dos Santos, falou da importância de todos estarem na Quarta Caminhada e esclareceu dúvidas sobre o acontecimento. Além de distribuição do material de divulgação, o filme “Caminhando a gente se entende”, que passa trechos do evento de 2010 e tem depoimentos de vítimas de intolerância, foi exibido no Templo Espiritualista Jagun.

“Temos a intenção de reunir 200 mil pessoas nesta caminhada. Então, a relevância de cada um é fundamental. Mobilize sua igreja, seu terreiro e a todos que quiser, mas é importantíssima a contribuição de todos”, disse o babalawo.

Durante a reunião, o interlocutor ratificou a parceria com a Igreja Católica e falou sobre as hospedagens solidárias. “Dom Orani (arcebispo do Rio de Janeiro) já se comprometeu em ajudar. Muitos terreiros e igrejas também, além de hospedar, darão alimentação. Essa união é importantíssima para mostrar a força de nosso grupo, principalmente para um País que receberá uma Copa do Mundo e Olimpíadas”, declarou.    As hospedagens solidárias fazem parte de um programa da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa que visa a acolher fiéis de outros estados que participam da caminhada. Em reunião com Dom Orani Tempesta, a CCIR conseguiu que o arcebispo colocasse à disposição abrigos para o alojamento desses migrantes.

A Diocese de Duque de Caxias, por exemplo, já disponibilizou espaços para religiosos de outros estados, que receberão alimentação no Ilê Omulu e Oxum, em São João de Meriti, dada por Mãe Meninazinha D´Oxum.

Sacerdote responsável pelo Templo Espiritualista Jagun, Pai Renato D´Obaluaê disse que os ciclos preparatórios fazem parte do processo de mobilização para a caminhada e que se orgulha de poder abrir sua casa para reuniões como a que aconteceu. “É uma ideia muito inteligente, pois conseguimos reunir várias pessoas e conscientizá-las sobre o que é a caminhada. Minhas portas estarão sempre abertas para que a Comissão realize atividades assim”, garantiu o candomblecista.

A CCIR espera por delegações de vários locais como Espírito Santo, Minas Gerais, Brasília, Bahia, Recife, São Paulo e Paraná.

O próximo encontro será em 15 de agosto, na Avenida Tiradentes, 1290 – Metrô Armênia, no Instituto Cultural Sete Porteiras do Brasil, a partir das 20h, em São Paulo.


 

Comissão de Combate à Intolerância Religiosa
Comunicação CCIR/RJ

 

Deixe um comentário

Voc deve estar logged in para deixar um comentrio.