Comissão de Combate à Intolerância realiza ato nesta quinta-feira contra decisão de juiz sobre religiões afro-brasileiras

A decisão do juiz Eugenio Rosa de Araújo, da 17ª Vara Federal do Rio, afirmando que “manifestações religiosas afro-brasileiras não se constituem como religião”, continua dando pano para a manga. A Comissão de Combate à Intolerância Religiosa está convocando um ato contra a postura do magistrado para amanhã, na Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no Centro do Rio, às 17h. Além disso, a comissão vem preparando um documento sobre o caso a ser entregue ao Conselho Nacional de Justiça nos próximos dias.

— Queremos reforçar para a sociedade todo o absurdo dessa decisão. Esse juiz mostrou o grande preconceito que tem, e ainda colocou a própria opinião intolerante acima da lei, rasgando a Constituição. Até porque a ação solicitava a retirada de vídeos ofensivos da internet, e não que ele avaliasse o que é ou não religião — diz Ivanir dos Santos, da comissão.

Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/rio/comissao-de-combate-intolerancia-realiza-ato-nesta-quinta-feira-contra-decisao-de-juiz-sobre-religioes-afro-brasileiras-12537610.html#ixzz32Py4mYXR

Deixe um comentário

Voc deve estar logged in para deixar um comentrio.