Dia de protesto contra o presidente do Irã

 

Os cinco quilômetros da avenida Vieira Souto, considerada uma das mais charmosas do Rio de Janeiro, foram tomados ontem pela manhã por mais de mil manifestantes, segundo a Guarda Municipal carioca, representando cerca de 30 entidades ligadas a movimentos sociais. A manifestação tinha um alvo certo: o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, que chamou o Holocausto de grande fraude na quarta-feira.
A passeata, no entanto, acabou ganhando conotações maiores, servindo como uma manifestação contra a intolerância em todas as formas possíveis. O presidente do Irã tem a vinda ao Brasil prevista para participar da Rio + 20. Mas os cartazes, em português e inglês, lembravam que o líder iraniano não seria bem vindo à cidade.

Leia mais AQUI.

Fonte: Diário do Pará.

Deixe um comentário

Voc deve estar logged in para deixar um comentrio.