Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa será comemorado na Cinelândia

337726_241712595905879_202049989872140_576418_1892907677_o

Em pleno ano 2000, uma sacerdotisa do Candomblé falecia por conta de um enorme susto, ao ver seu rosto na capa do jornal “Folha Universal”, com a manchete “Macumbeiros charlatões lesam o bolso e a vida de clientes”. Vítima de um enfarte, Gildásia dos Santos e Santos, conhecida como Mãe Gilda, deixou filhos e marido. A data de sua morte (21 de janeiro) serviu para estabelecer o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa. Dessa forma, a Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR), mais uma vez, promoverá o “Cantando A Gente se Entende”, no dia 24 de janeiro, a partir das 18h, na Cinelândia, com o objetivo de chamar a atenção para a importância da convivência entre os diversos credos.

Fonte / Awure
Leia conteúdo completo AQUI.

Deixe um comentário

Voc deve estar logged in para deixar um comentrio.