Dilma Rousseff responde à carta-compromisso da CCIR

 

Presidenta Dilma Roussef

A Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR) recebeu, na tarde desta quarta-feira, 27 de outubro de 2010, resposta da candidata do PT à Presidência da Republica, Dilma Rousseff, sobre a carta-compromisso elaborada pelos membros da organização. O documento inicial foi enviado aos dois candidatos que concorrem no segundo turno. A Comissão ressalta que não é partidária e considera o voto um instrumento importante para a democracia. Desta forma, não dá orientações sobre escolhas políticas e considera os pontos colocados na carta-compromisso de interesse de toda a sociedade.

Em encontro com um dos coordenadores de campanha da candidata petista, no dia 19 de outubro de 2010, representantes de vários segmentos religiosos, além do delegado Henrique Pessoa e do promotor Marcos Kac, também membros da CCIR, as propostas da carta-compromisso foram esclarecidas a fim de que as reivindicações fossem levadas para a apreciação de Dilma Rousseff.

Um membro da CCIR enviou as mesmas propostas para o candidato do PSDB, José Serra, e, através de Márcio Fortes, teve a resposta de que o candidato ainda avaliava a carta. Até o momento, não houve qualquer resposta oficial do tucano sobre o documento.

Abaixo, estão ambas as cartas: a carta-compromisso da CCIR e a carta da candidata Dilma.

 

•    CARTA-COMPROMISSO DE CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA DO BRASIL

•    CARTA À COMISSÃO DE COMBATE À INTOLERÂNCIA RELIGIOSA – CANDIDATA DILMA ROUSSEF

Deixe um comentário

Voc deve estar logged in para deixar um comentrio.