Fiéis participam de caminhada contra intolerância religiosa em Copacabana

AGÊNCIA BRASIL
Rio – Centenas de fiéis e líderes religiosos de diversas denominações participaram neste domingo da 8ª Caminhada em Defesa da Liberdade Religiosa, na Praia de Copacabana. A mobilização teve como objetivo mostrar a convivência pacífica de todas as religiões e reivindicar atitudes do poder público para combater os crimes cometidos por causa do preconceito.

O presidente da Comissão Estadual de Combate à Intolerância, Ivanir dos Santos, pediu também que os crimes motivados pela religião sejam investigados e punidos.

“Primeiro, as delegacias têm de registrar esses casos como intolerância religiosa e não, como rixa de vizinho e desentendimento. Segundo, é importante esses casos chegarem até o Judiciário e ele tomar suas medidas. E o governo federal tem de fazer o Plano Nacional de Combate à Intolerância Religiosa. Enquanto governo e sociedade civil não pactuarem uma forma de enfrentar a situação, o que está em risco é a democracia”, disse.

Apedrejada na saída de um culto de candomblé em junho, a menina Kailane Campos, de 11 anos, participou da caminhada. Para ela, a violência religiosa nasce do sentimento de superioridade e de ignorância.
Leia conteúdo completo AQUI.

Deixe um comentário

Voc deve estar logged in para deixar um comentrio.