Intolerância Religiosa – Aparecida Panisset

 

O caminho para evitar a demolição do berço da umbanda passava pela caneta da prefeita Aparecida Panisset. Um decreto poderia ter desapropriado o imóvel para fins culturais e tombado a casa como patrimônio histórico.

Panisset participou da inauguração de uma UPA nesta terça-feira, em São Gonçalo, ao lado do governador Sérgio Cabral. Questionada sobre o assunto, disse que iria falar mais tarde. Mas isso não aconteceu. Com o fim da coletiva, Panisset deixou o local.

Procurada novamente, na sede da prefeitura, ela se negou a falar sobre o assunto. Por meio de nota, informou que “A prefeitura constatou que a casa foi destruída e não existe mais estrutura para tombamento. Portanto, nada mais pode ser feito”.

A Comissão de Combate à Intolerância Religiosa tentou sem sucesso, nesta terça-feira, marcar um encontro com a prefeita.

Leia mais AQUI.
Fonte: Brasilianas.org

Deixe um comentário

Voc deve estar logged in para deixar um comentrio.