JUIZ FEDERAL PENSA QUE É “DEUS” E NEGA UMBANDA E CANDOMBLÉ COMO RELIGIÕES DIGNAS DE SEREM RESPEITADAS

Lamentável a decisão do Juiz Federal Eugênio Rosa de Araújo da 17a. VARA FEDERAL do Rio de Janeiro, ao negar o pedido do Ministério Público Federal para que 15 VÍDEOS ofensivos, insultuosos e desprovidos de base e conhecimento sobre o que são de fato a UMBANDA e o Candomblé, fossem retirados de exibição.

Sua excelência não só extrapolou os limites do absurdo, e para além do desconhecimento do que seja o significado de RELIGIÃO, chancelou o direito de ofender, atacar, ridicularizar, estigmatizar, as manifestações de outra natureza de credo e crença. Pelo entendimento FRIO E IMEDIATO do que o excelentíssimo juiz SENTENCIOU, só tem direito ao DEVIDO RESPEITO, as religiões que ele entende terem um calhamaço impresso de ritos e regras, além de uma visão de DEUS único.

Fonte/BONDeblog

Conteúdo completo AQUI.

Deixe um comentário

Voc deve estar logged in para deixar um comentrio.