Líderes religiosos criticam juiz que não considera religião afro

Líderes de diversas religiões repudiaram nesta segunda-feira (19) a decisão do juiz da 17ª Vara Federal do Rio, Eugênio Rosa de Araújo, que negou o pedido de retirada de vídeos com mensagens de intolerância contra religiões afro-brasileiras, por considerar que a umbanda e o candomblé “não contêm os traços necessários de uma religião”, como um texto-base, a exemplo da Bíblia, uma estrutura hierárquica e um Deus a ser venerado.

As críticas foram feitas durante o lançamento da campanha promovida pela Pastoral do Esporte da Arquidiocese do Rio para a Copa do Mundo de 2014.

Fonte /  Vermelho

Conteúdo completo AQUI.

Deixe um comentário

Voc deve estar logged in para deixar um comentrio.