Os impactos da intolerância religiosa na vida e na educação das crianças

“A criança perde com isso.” A afirmação permeia toda a argumentação do babalaô (sacerdote do Candomblé) Ivanir dos Santos, interlocutor da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR), enquanto reflete sobre os atentados de repercussão global que marcaram o início de 2015. Ao comentar, em entrevista ao Promenino, sobre o ataque à redação do jornal “Charlie Hebdo”, em Paris, e as ações do grupo terrorista Boko Haram, na Nigéria, que chega a usar crianças para atingir civis, ele ressalta dois temas que se sobressaem à debatida liberdade de expressão: o respeito às religiões e os impactos da intolerância na vida e na educação das crianças.

 

Leia conteúdo completo AQUI.

Deixe um comentário

Voc deve estar logged in para deixar um comentrio.