Prefeitura de São Gonçalo derruba casa onde Umbanda nasceu

 

A audiência foi solicitada numa reunião em que Carlos Novo fez uma retrospectiva da história de Zélio de Moraes, fundador da religião, e falou da importância da Umbanda para a cultura do país. Na ocasião, foi entregue ao vereador uma cópia do projeto “Por uma Flor: Museu da Umbanda”, documento protocolado na Prefeitura de São Gonçalo pela CCIR.

A Prefeitura de São Gonçalo demoliu a casa onde foi criada a Umbanda, provocando a reação dos seguidores dessa religião, que consideram o terreno um solo sagrado, onde querem construir o Museu da Umbanda. O vereador Amarildo Aguiar (PV), que é evangélico e membro da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR), assumiu a luta dos umbandistas.

Leia mais AQUI.

Fonte: Fórum Nacional Permanente do Ensino Religioso (Fonaper)

Deixe um comentário

Voc deve estar logged in para deixar um comentrio.