Projeto do espaço para cultos e oferendas no Alto será retomado

O Dia

Rio – Os praticantes das religiões afrobrasileiras, como o candomblé e a umbanda, podem respirar aliviados. O secretário estadual do Ambiente, Índio da Costa, voltou atrás da sua decisão de abortar o projeto para criação do Decálogo das Oferendas (local para a realização dos cultos), na Curva do S, no Alto da Boavista.
Eu reunião realizada ontem no Instituto Estadual do Ambiente com o babalawo Ivanir dos Santos, representante da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR), Índio da Costa prometeu retomar o projeto ainda esta semana.

“Foi uma reunião muito produtiva e benéfica para todos nós que lutamos contra a intolerância religiosa e por espaço para as religiões como umbanda e candomblé. O secretário disse que, por ter assumido o cargo há pouco tempo, não havia tomado ciência da importância do projeto. Mas já voltou atrás e está tudo certo”, comemorou Ivanir.

Leia conteúdo completo AQUI

Deixe um comentário

Voc deve estar logged in para deixar um comentrio.