Religiosos apoiam a umbanda e o candomblé

Em evento no Maracanã, diversos líderes religiosos se manifestaram em apoio às religiões afro-brasileiras, que recentemente foram questionadas em decisão do Juiz da 17ª Vara Federal do Rio, ao negar o pedido do Ministério Público Federal para retirar vídeos da internet que atacavam o candomblé e a umbanda: “A questão da intolerância religiosa tem sido um fator importante para o ódio. Quando um juiz de um Estado laico desrespeita a Constituição, colocando uma opinião preconceituosa, se fomenta o ódio contra as religiões de matriz africana”, disse o babalorixá Carlos Ivanir dos Santos

Favela 247 − A Agência Brasil publicou matéria repercutindo a decisão do Juiz da 17ª Vara Federal do Rio, Eugênio Rosa de Araújo, que negou o pedido do Ministério Público Federal (MPF) para retirar da internet vídeos de intolerância contra religiões afro-brasileiras, alegando que umbanda e o candomblé “não contêm os traços necessários de uma religião”, um texto-base, algo como a Bíblia, por exemplo, ou mesmo uma organização vertical com um Deus específico a ser seguido. A publicação relata as manifestações de apoio ao pedido do MPF dadas no Maracanã, na manhã de ontem, durante o lançamento da campanha “Por um mundo sem armas, drogas, violência e racismo”, organizada pela Pastoral do Esporte da Arquidiocese do Rio para a Copa do Mundo e que reuniu diversos líderes religiosos, entre eles, o dom Roque Costa Souza, que representava o arcebispo do Rio, dom Orani Tempesta. Dom Roque comentou a decisão do Juiz Eugênio Rosa, segundo ele, em um estado laico, esse tipo de posição atrapalha um diálogo inter-religioso que há tempos vem sendo construído em busca de tolerância e respeito entre as religiões: “Se o país está dizendo que é laico, e as religiões não têm que se intrometer em determinadas situações, por que agora vem a Justiça querer definir o que é religião e o que não é, se desde tanto tempo nós estamos nesse diálogo inter-religioso e procurando aceitar uns aos outros com as nossas diferenças do modo de cultuar Deus?”, comenta.

Fonte / Brasil 247

Conteúdo completo AQUI.

Deixe um comentário

Voc deve estar logged in para deixar um comentrio.