Representantes do Movimento Social discutem medidas de proteção à dirigente da UNEGRO que sofreu atentado

 

No último dia 11 de dezembro de 2011, às 14:00h, no Kwe Cejá Gbé, houve um grave atentado à integridade física e religiosa de uma representante da Direção Nacional da UNEGRO/RJ, Conceição d’Lissá. O local foi alvo de uma salva de tiros cujo atirador ainda não foi identificado. Em solidariedade e contra a intolerância perpetrada pelos criminosos, estiveram no terreiro o Babalawo Ivanir dos Santos da CCIR, Adailton Moreira Gestor da SUPERDIR, Mônica Custódio Direção Nacional da UNEGRO, Claudia Vitalino, vítima do atentado e da Direção Nacional da UNEGRO, Alcimar Targino Presidente Municipal do PC do B de Duque de Caxias, Geancarlo da MR AFRO, João Carlos Secretario Estadual de Movimentos Socias do PC do B, William Lopes da Silva Presidente do Kwe Cejá Gbé, PC Secretário Municipal de Movimentos Sociais do PC do B, Pejigan Cristiano do Kwe Cejá Gbé, Gaipê Renato do Kwe Cejá Gbé, Ogâns Júlio Cesar, Rafael, Diogo, Ekédy Déborah de Agué e Dofona Michele de Bessén também do Kwe Cejá Gbé , Ogãn Alexandre e Nil d’Oxum
Estavam presentes o Babalawo Ivanir dos Santos da CCIR, Adailton Moreira (Gestor da SUPERDIR), Mônica Custódio da Direção Nacional da UNEGRO, Claudia Vitalino (outra vítima do atentado) também da Direção Nacional da UNEGRO, Alcimar Targino (Presidente Municipal do PC do B de Duque de Caxias), Geancarlo da MR AFRO, João Carlos (Secretario Estadual de Movimentos Socias do PC do B), William Lopes da Silva (Presidente do Kwe Cejá Gbé), PC (Secretário Municipal de Movimentos Sociais do PC do B), Pejigan Cristiano do Kwe Cejá Gbé, Gaipê Renato do Kwe Cejá Gbé; Ogâns Júlio Cesar, Rafael, Diogo, Ekédy Déborah de Agué e Dofona Michele de Bessén também do Kwe Cejá Gbé , Ogãn Alexandre e Nil d’Oxum .

Leia mais AQUI.

Fonte: Portal Veremlho.

 

Deixe um comentário

Voc deve estar logged in para deixar um comentrio.