Rosane Collor deve 36 mil na praça e cita até pai de desafeta para reclamar pensão maior de Collor

 

A ex-primeira-dama Rosane Brandão Malta, ex-mulher de Fernando Collor de Mello, tem mais a limpar do que o próprio nome na história política do país. Com o nome sujo na praça, Rosane deve R$ 36.031. A maior parte da dívida se refere a uma pendência financeira com um fundo de investimentos, o PCG Brasil Multicarteira, no valor de R$ 24.031, reclamada em 4 de dezembro de 2008.

Os outros R$ 12 mil são devidos a uma empresa de serviços de Maceió, cobrados judicialmente no dia 13 de maio de 2009, conforme consta em registro no 2º Cartório de Protestos de Títulos e Letras da capital alagoana.

— Vivo com o que posso. Minha casa não tem telefone fixo. Collor cortou o pagamento há uns quatro anos e o celular de empresa que usava, há três meses — afirma ela, que teve negado seu pedido de gratuidade na Justiça num processo contra o ex, que lhe cortou a TV a cabo e a linha telefônica em 2008.

Leia mais AQUI.

Fonte: Maceió 40º Graus

Deixe um comentário

Voc deve estar logged in para deixar um comentrio.