Segunda Plenária de Mobilização e Organização aponta grandes avanços e parcerias para a Quarta Caminhada

 

Dezenas de pessoas compareceram, nesta quinta-feira, 07 de julho, ao auditório 33 da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), para a Segunda Plenária de Mobilização e Organização para a Quarta Caminhada em Defesa da Liberdade Religiosa. Desta vez, o enfoque foi o balanço dos episódios que a Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR) participou no último mês. Depois da Primeira Plenária, a Comissão esteve em vários eventos e construiu parcerias de peso para o acontecimento de 18 de setembro. “No ano passado, fizemos uma caminhada fantástica, com 120 mil pessoas pedindo pela liberdade na Praia de Copacabana. Este ano, temos a intenção de colocar 200 mil na Avenida Atlântica”, ressaltou o interlocutor da CCIR, babalawo Ivanir dos Santos.

Representantes de diversas religiões tiveram a oportunidade de mostrar suas ideias e projetos de divulgação. Diversas pré-caminhadas e girões estão sendo marcados para chamar a atenção de pessoas de vários lugares do País. Em Icaraí, Niterói, uma pré-caminhada, no dia 28 de agosto, visa a unir pessoas daquele município. O Ilé Àsé D´Ogunjá, por exemplo, fará um girão em 10 de setembro, no Méier, Zona Norte do Rio. Desta forma, também, o Movimento Umbanda do Amanhã (MUDA) se prepara para um grande girão na Casa de Cláudia, em São João de Meriti, Baixada Fluminense, no mesmo mês.

A divulgação pela internet tem sido uma aliada de diversos grupos. A Comunidade Judaica está mobilizando os jovens para a realização desse tipo de trabalho. Os wiccas acenaram com a possibilidade de uma caravana com 400 argentinos presentes. O Fórum de Mulheres Negras do Rio de Janeiro tem usado as redes sociais. No último dia 15, a Comissão apoiou os bahá’ís em sua manifestação contra a prisão de sete líderes no Irã, em 2008. Como agradecimento, a comunidade prometeu mobilizar grandes grupos de diversos estados.

A Arquidiocese do Rio de Janeiro deverá realizar uma missa de apoio à Caminhada. A celebração seria conduzida pelo arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta, já chamado formalmente a participar do evento. O Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, é outro ilustre convidado para a Quarta Caminhada. Porém, ambos ainda não confirmaram.

Próximos projetos em pauta

No final do mês de julho, a Comissão vai se reunir com a Rede Globo para tratar sobre o comercial que será veiculado na emissora. Segundo Ivanir, a divulgação em um grupo de comunicação de massa tem o dever de ampliar o alcance e o propósito do evento. “A Caminhada está tendo um impacto muito maior que o esperado. Milhares de pessoas estão mobilizadas e virão de diversas cidades e países”, ressaltou o interlocutor.

Representante da Maçonaria e kardecista, Coronel Ubiratan Ângelo, coordenador de Infraestrutura, enfatizou a importância do trabalho com a Globo. “Esta parceria é uma via de mão dupla. Eles nos oferecem todas as oportunidades de divulgação em sua rede, e isso aumenta nossa responsabilidade. Continuaremos fazendo o impossível para a perfeição da Caminhada”, afirmou Ubiratan, que garantiu total segurança aos participantes.

Para a próxima plenária, marcada para o dia 28 de julho, mais detalhes da organização serão revelados através de um infograma. Toda a estrutura será demonstrada como, por exemplo, onde estarão as ambulâncias e os postos médicos, como ficarão dispostos os carros de som e como os grupos estarão organizados.

Laíla, diretor da escola de samba Beija-Flor de Nilópolis, deverá contribuir com um grupo de profissionais da agremiação, acostumados a organizar grandes contingentes.

Ao final da sessão, foi distribuído material de divulgação da Quarta Caminhada em Defesa da Liberdade Religiosa.

 


 

Comissão de Combate à Intolerância Religiosa
Comunicação CCIR/RJ

 

Deixe um comentário

Voc deve estar logged in para deixar um comentrio.