Segunda Plenária de Mobilização para Sexta Caminhada mostra ânimo para 08 de setembro

 

Com entusiasmo e muito trabalho, religiosos de vários segmentos preparam-se para a Sexta Caminhada em Defesa da Liberdade Religiosa, que ocorrerá em 08 de setembro, na Praia de Copacabana, às 11h. Pelo menos foi o que indicou a Segunda Plenária de Mobilização, que ocorreu na noite do dia 21 de agosto, no auditório 11 da UERJ. Informações importantes foram repassadas aos membros da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR), organizadora da marcha, além de haver trocas de ideias, sugestões e elucidações de questões ainda pendentes, desde o último encontro.

A plenária foi aberta pelo secretário da Comissão, Jorge Mattoso, que falou sobre liberações e indicou as posições das Baianas do Acarajé.  “Conseguimos o nada a opor das polícias Civil e Militar. Os nomes das Baianas do Acarajé já foram encaminhados para o devido credenciamento e, no dia da Caminhada, elas estarão nos postos 2, 3 e 6”, informou.

Mattoso disse, também, que idosos e crianças perdidas terão espaço durante o evento, a fim de evitar qualquer tipo de mal estar. “A FIA (Fundação para a Infância e Adolescência) prometeu mil pulseiras de identificação. O que nos facilitará muito. Além disso, caso haja algum caso de criança que se desvie do responsável, haverá uma tenda de acolhimento, que também servirá de abrigo aos mais velhos, para que não fiquem expostos às condições climáticas e possam parar por alguns minutos na Caminhada”.

Mais 700 acomodações

Responsável pelas acomodações de participantes que vêm ao Rio de Janeiro para a Sexta edição da marcha, Sidnéia Pereira deu boas notícias. “Muitos têm aderido à “Hospedagem Solidária”. O Celso (secretário do reitor da UERJ) conseguiu 700 acomodações no Clube Municipal e no Renascença”, revelou.

A Comunicação informou que busdoor e outras peças publicitárias já estão em vários pontos da cidade, e que o“Eu tenho Fé” foi retirado dos cartazes que circulam nos ônibus pela necessidade de incluir outras frases. “Queria aproveitar os movimentos de rua que estão acontecendo por todo o País para atentar sobre a possibilidade de se manifestar sem baderna, pois a Comissão é composta por religiosos. Mas foi a única peça que foi para as ruas sem a frase”, explicou o coordenador de Comunicação, Ricardo Rubim, que pediu para que todos ficassem atentos às páginas da Caminhada e do interlocutor da CCIR, babalawo Ivanir dos Santos, no Facebook. “Lá há informações complementares. É importante que sigam, curtam e mandem sugestões”.

Janaína Refém, que tem conduzido Twitter e a página da Caminhada no Facebook, ratificou os endereços, e disse que as páginas ficarão para todos os eventos da Comissão. “O Twitter é CCIR_Rj; e o Facebook, Caminhada em Defesa da Liberdade Religiosa. Esses perfis servirão para todas as atividades da Comissão”, comentou.

 

Vários estados

 

Já o produtor cultural da Caminhada, Jorge Damião, complementou que muitas pessoas de outros estados têm se preparado para a marcha do Rio e que, este ano, a manifestação ocorrerá com apenas um trio. “Recebo e-mail de gente de diversos lugares do Brasil. Isso mostra como a Caminhada tem ganhado grande espaço pelo País. No mais, este ano, vamos para a Avenida Atlântica com apenas um trio. As apresentações culturais seguirão os mesmos padrões de sempre, mas terão seus tempos reduzidos para que todos possam participar”, explicou Damião, que também cogitou a possibilidade de uma trilha sonora para o evento. “Estamos estudando a possibilidade de formatar uma trilha sonora com músicas de todos os segmentos. Caso isso ocorra, teremos que fazer praticamente de um dia pro outro”.

Ainda de acordo com o produtor, a Sexta Caminhada, diferente das outras, não terminará na Praça do Lido. Além disso, a atividade cultural principal ainda não está definida. “Como haverá outro evento no Lido, a Caminhada terminará na altura da Prado Júnior. E, em relação ao artista que se apresentará no fim da marcha, estamos com alguns nomes, mas nenhum confirmado. Isso deve estar certo na semana que vem”.

 

Álcool não

Buka, mais uma vez, fez comentários sobre a necessidade de se cumprir com os horários, e pediu a todos que evitassem bebidas alcoólicas. “Para que não haja qualquer problema, é muito importante que comecemos na hora marcada. Se vai sair às 13h, não podemos começar nem um minuto a mais. Isso compromete demais o evento. Além disso, estamos numa caminhada pela democracia, mas que é feita por religiosos. Volto a falar que vamos pedir a todos que estiverem com latas de bebidas alcoólicas nas mãos que se retirem”, falou.

A representante do MIR, Graça, aproveitou e retirou a responsabilidade do movimento sobre uma conversa que, segundo ela, surgiu na Expo Religião. “Era para acontecer três momentos, com representações de elementos. No entanto, não há mais tempo para isso, e o MIR sai dessa questão. Apoiamos muitas causas e vamos continuar apoiando. Mas temos que trabalhar apenas com o que é possível. Não sei se haverá mais os momentos, mas o MIR não tem condições de participar”, revelou.

O sacerdote wiccano Og Sperle expôs que o segmento tem encontrado dificuldades para trazer pessoas de lugares como Porto Alegre, Belo Horizonte e São Paulo. “Caso alguém tenha lugar em algum ônibus, por favor, entre em contato com a gente. Temos poucas pessoas que querem vir e não estão conseguindo”.

Ao fim, uma jovem evangélica chamada Beatriz apresentou-se como membro de um grupo chamado “Cristo Versivos”. A religiosa falou que apoia  o diálogo inter-religioso e se colocou à disposição para ajudar. “É importante que desmistifiquem o fato de que todos os evangélicos são representados por líderes que mercantilizam a fé. Realmente, não somos bem vistos dentro das nossas próprias igrejas, mas não nos incomodamos com isso. Somos a favor do diálogo com outras religiões e com pessoas que também não têm religião. Viemos para ajudar”, exclamou Beatriz.

A Terceira e última Plenária de Mobilização está marcada para o dia 04 de setembro, às 17h, também no Auditório 11 da UERJ.

Segue fotos do evento:

 

Deixe um comentário

Voc deve estar logged in para deixar um comentrio.