Sobre São João, Xangô Menino (tema do são João 2010 – Jequié-BA)

 

Por Thaís Barreto Viana

Em tempos de intolerâncias diversas, a religiosa vem se sobressaindo cada vez mais e com mais constância aqui na Bahia. Terra essa, que muita gente imagina não ter mais conflitos ideológico-religiosos. Puro engano! Ultimamente aqui em nossa Cidade Sol vem crescendo notas em jornais ligados a alguns políticos (contrários ao atual prefeito) praticamente demonizando tema do São João (Jequié São João, Xangô Menino). Utilizando a crítica torta e a falsa moral-cristã para fazer o enfrentamento político à gestão do então prefeito Luis Amaral (PMDB).

Para início de conversa
Faço parte da executiva do Partido dos Trabalhadores (PT) de Jequié e desde já gostaria de dizer que o nosso partido não tem nenhuma secretaria no governo Amaral e que não somos da base do governo do mesmo. Digo isso para que esse simples escrito aqui do meu blog não vire uma defesa ao governo PMDBista do Prefeito da cidade de Jequié. Coisa que não faria NEVER! Todos sabem da péssima gestão do prefeito, mas o caso a ser discorrido aqui é outro! Também não conheço pessoalmente, nem tenho ligações políticas com o secretário de Cultura.

Demonização de uma religião
Pois bem, fica visível nas críticas desses jornalecos impressos e virtuais jequieenses ao São João não é só um enfrentamento ao atual prefeito, mas o preconceito e intolerância religiosa só por conta de no tema ter o vocábulo Xangô. Isso assustou muita gente. O_o Se o termo fosse de ordem católica (como já é uma festa profana de origem católica) ou evangélica estaria tudo certo, não é mesmo?! Realmente não sei qual a verdadeira intenção das pessoas, que estão disseminando ideias insanas (jihads), como a do São João estar oferecido ao Orixá Xangô e por aí vai. Até com as pobres bandeirolas vermelhas e brancas estão implicando. Vermelho e Branco é cor do Orixá (Xangô) e do Santo (João). Achei a proposta do tema e da homenagem a Dominguinhos muito bonita, muito interessante e corajosa ao tentar enfrentar a discriminação. Confesso que nunca vi o nosso São João com tanta razão do verdadeiro São João de interior, com tanta raiz. Sem falar na homenagem ao nosso querido Gil (que cantará por aqui no dia 26 – dia do seu aniversário), a festa também contará com as ilustres presenças de Targino Gondim, Flávio José, Dominguinho, Adelmário Coelho etc .

A questão parece muito mais girar em torno da polêmica do orixá, só muita gente não sabe sobre o sincretismo religioso, herança cultural – coisa nossa de muitos e muitos anos. Para cada santo/a católico existe um correspondente, vamos dizer assim, no candomblé. Isso acontecia, pois os escravos não podiam cultuar seus santos e quando lhes foram permitido entrar nas igrejas católicas faziam suas preces e oferendas aos seus Orixás por meio dos correspondentes católicos, mas tudo bem disfarçado para que os feitores e senhores não ficassem sabendo. E por aí segue: São João – Xangô; Santa Bárbara -Yansã; São Jorge – Ogum; Nossa senhora da conceição da praia – Yemanjá etc.

Não é a fé em Deus/Jesus/Nossa senhora/Orixás que cega as pessoas, mas o delírio religioso como única verdade absoluta! A verdade é que todas elas deveriam conviver em harmonia, pregar a paz entre si também, seguir o exemplo de respeito de Jesus Cristo ao invés de incitar seus fieis. O que querem? Guerra santa?

Creio no meu Deus, frequento a minha religião: católica. Mas também, acredito que todos/as podem cultuar o/a santo/a que quiser, ir de encontro ao que estiverem afim. Quem dá respaldo à essa minha fala é própria constituição e lá existe um artigo sobre liberdade de culto: cada um faz o que quer! O Estado Brasileiro é laico, ou seja, não tem religião oficial, muito menos obrigatória! Cada um procura aquilo que faz se sentir bem.

Termino por aqui com um diálogo entre duas músicas sobre fé cega de Milton Nascimento e Cordel do Fogo Encantado:

“O brilho cego de paixão e fé: faca amolada.” (Milton)
“A tatuagem da fé, a tatuagem da fé, cega” (Cordel)
Viva são João!
Viva ao milho verde!
Viva Xangô!
Viva a Liberdade Religiosa!

________________________________________
Video da música São João, Xangô Menino de Caetano e Gil:

FONTE: Bataclan da Utopia

Deixe um comentário

Voc deve estar logged in para deixar um comentrio.