Última Plenária de Mobilização e Organização é marcada por entusiasmo

 

por Igor Carvalho

O babalawo Ivanir dos Santos reforçou a importância da cooperação para o setor técnico dos trios, que serão comandados por Vinícius Sá (Crédito: Daniel Pinheiro)

Com sentimentos de alegria e muita luta, dezenas de pessoas compareceram, no último dia 9 de setembro, ao auditório 11 da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), para a quarta e última Plenária de Mobilização e Organização para a Terceira Caminhada em Defesa da Liberdade Religiosa. Mais uma vez, representantes de diversas religiões participaram da reunião com o propósito de acertar os últimos detalhes para o dia do evento(19).

Membros de cada religião dividiram suas convicções de fé.  Além de contarem suas histórias e experiências nos eventos anteriores, o encontro também serviu para tratar de assuntos importantes referentes à organização da Caminhada. Judeus, muçulmanos, umbandistas, hare krishnas, wiccanos, candomblecistas, baha’is, católicos, kardecistas, ateus e indígenas demonstraram emoção e muita animação com a proximidade do grande dia.

Ainda no início da Quarta Plenária de Mobilização e Organização, o auditório já estava com dezenas de pessoas (Crédito: Daniel Pinheiro)

Representante da Maçonaria e kardecista, Coronel Ubiratan Ângelo, coordenador de infraestrutura, enfatizou a importância da luta pela liberdade religiosa. “O respeito à diversidade é fundamental para o progresso”, disse ele. “Continuaremos fazendo o impossível para a perfeição da Caminhada”, disse ele, que garantiu total segurança aos participantes.

Padre Gegê revelou estar muito feliz com a Caminhada e parabenizou a todos pela luta e trabalho realizado. “A Comissão trabalhou duro, ininterruptamente o ano inteiro, para realizar uma caminhada digna e bonita. Espero que ela seja a abertura de um mar de paz, amor, união e igualdade entre as religiões”.

Jorge Damião falou sobre os eventos culturais, que terão início às 9h (Crédito:Daniel Pinheiro)

Chamada na Globo
Com quase tudo pronto, Vinicius Sá também deixou claras algumas necessidades dos carros de som e solicitou que as pessoas fossem compreensivas em relação a algumas necessidades técnicas.

Em meio às colocações, o interlocutor da CCIR, babalawo Ivanir dos Santos, pediu a atenção dos religiosos para mostrar a chamada que a TV Globo cedeu em apoio ao movimento. A veiculação já começou e está incluída na programação da emissora.

Segundo o coordenador de cultura para a Caminhada, Jorge Damião, várias atividades antecederão a concentração, a partir das 9h. Violeiros, danças, rodas de capoeira, grafiteiros, entre outras atrações estão previstas para o dia 19.

O evento este ano contará com seis trios, dois a mais que no ano passado, para acomodar artistas, idosos e lideranças religiosas, além de promover perfeita sonoridade na Avenida Atlântica.

“Valorizar a importância da união é um dos principais ingredientes para vencermos os obstáculos. Todo este trabalho de mobilização é que resulta no sucesso da Caminhada”, ressaltou Ivanir dos Santos.

Como de costume, no final, diversas pessoas pegaram material de divulgação e camisas da III Caminhada em Defesa da Liberdade Religiosa.

Deixe um comentário

Voc deve estar logged in para deixar um comentrio.